Recolocação profissional sustentável: algumas dicas de como se dar bem na entrevista de emprego

recolocacao-profissional-sustentavel-g4-rh-1

A recolocação profissional de forma sustentável vem ajudando muitos profissionais em seu desenvolvimento de carreira. Um passo muito importante para o profissional que passa por esse processo é a entrevista de emprego. Por isso, preparamos o texto de hoje para dar algumas dicas de como se sair bem e levar a vaga para continuar o crescimento de sua carreira profissional.

A recolocação profissional

recolocacao-profissional-sustentavel-g4-rh-3

O profissional que pretende buscar uma recolocação profissional deve estar atento a uma série de fatores essenciais a esse fim. Não há um mapa que garanta a sua recolocação, o que há são orientações de condutas que aumentem a probabilidade futura de seu reposicionamento no mercado de trabalho.

O sucesso da Recolocação Profissional inicia-se com preparo do currículo e tem continuidade com a análise do comportamento, tanto para entrevistas de emprego quanto para dinâmicas, a fim de que a tão sonhada oportunidade seja resultado do trabalho em conjunto, envolvendo candidato preparado para a vaga e acompanhamento durante a Recolocação oferecida pelo projeto de RH.

A entrevista

recolocacao-profissional-sustentavel-g4-rh-2

A entrevista é uma fase do processo seletivo. Geralmente, se o candidato já chegou a esse ponto, ele passou por alguma fase seletiva. Mesmo havendo um prévio interesse por parte da empresa neste candidato, é pouco tempo que ele tem para mostrar suas habilidades e competências ao entrevistador.

Sendo assim, é importante que haja uma preparação prévia para a entrevista. Conhecer a empresa, se inteirar de alguns assuntos que possam ser relevantes à função pretendida. Tudo isso te ajuda a se preparar para entrevista. Mas existem algumas diretrizes que podem ajudar você a cativar durante essa etapa.

A revista Exame, em sua página online, destaca algumas atitudes que podem dar aquela mão quando o assunto é o sucesso na entrevista:

  1. “Quebrar o gelo” é importante

Uma entrevista é um encontro de duas pessoas que, geralmente não se conhecem. Por isso, é necessário que o candidato crie alguns assuntos para amenizar essa tensão. Trivialidades como o clima ou algum acontecimento de conhecimento comum são bons gatilhos de conversa que podem “quebrar o gelo”. É nesse momento que você tem a oportunidade de demonstrar seu repertório cultural, bem como seu conhecimento geral e sua capacidade de assimilar e conectar conhecimentos.

  1. Criar empatia com o estilo do entrevistador

Um entrevistador jamais será igual a outro. Cada um tem sua forma de se expressar, seja ela mais informal ou coloquial, cabe ao candidato identifica-la rapidamente e utilizá-la em seu favor. Isso pode te render a empatia da pessoa que conduz a entrevista, o que acarreta em pontos ao seu favor.

  1. A aparência é fundamental

Primordialmente é imprescindível elevada atenção à higiene pessoal. Parece ridículo falar isso, mas é impressionante a quantidade de pessoas que se negligenciam nesse ponto. Além disso, a cultura da empresa é um ponto de extrema importância para servir de parâmetro à forma de como se vestir para entrevista. Evitar exageros também é sempre uma boa dica, cores, estampas, perfumes, maquiagens, acessórios, enfim, tudo em que for em excesso pode te prejudicar.

  1. Fazer perguntas interessantes

A entrevista é uma via de mão dupla. Não esqueça que, de certa forma, você também está entrevistando um representante da empresa a fim de verificar se a função e o cargo é realmente o que se procura para a carreira profissional. Perguntar a respeito do funcionamento da empresa e dos processos inerentes ao cargo em questão é muito bem visto pela organização. Além de demonstrar interesse, pode sanar as dúvidas do próprio candidato quanto a função.

  1. Gentileza independentemente da hierarquia

Independentemente se for a entrevista para cargos mais baixos hierarquicamente ou de liderança, ser cordial e gentil com todas as pessoas da empresa indica que você é um profissional que sabe se relacionar dentro da organização e não faltará com o respeito a ninguém. Muitos são os casos de entrevistadores que ligam na recepção para saber como o candidato se portou durante o pré e pós entrevista. Isso pode ser usado como critério de desempate incidindo diretamente na contratação, ou não do individuo.

Ficou com alguma dúvida quanto a recolocação profissional? Entre em contato com a G4 e conheça nossos projetos de Recolocação Sustentável.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
Abrir chat