Geração Y, o RH também precisa adaptar-se a ela

Diversas gerações se passaram, agora chegou a vez da Geração Y ocupar boa parcela do mercado de trabalho, e as empresas estão precisando se mexer para entender como esses jovens trabalham e acompanhar seu ritmo frenético de pensar, fazer e querer que as coisas aconteçam. Mas como?

É indiscutível que a geração Y tem um perfil tão diferente das gerações anteriores, como a geração X e Baby Boomers. Por isso, muitas empresas tem sentido que, para manter as boas relações e seu crescimento, chegou a hora de pensar em grandes mudanças e novas adaptações.

Esses são os nascidos em meados de 1980 a 2000 e sua prioridade está no bem-estar e autoestima. Não querem abrir mão do conforto e da qualidade de vida. O que provoca uma drástica mudança, se comparado às gerações anteriores, cuja estabilidade financeira e conquistas materiais como imóveis, por exemplo, eram prioridades.

 

O que é a Geração Y?

 

geração-y-blog-g4rh-3

 

Falando sem rodeios, eles buscam um crescimento hierárquico rápido. A Geração Y se apresenta como profissionais ansiosos e imediatistas, que não dão tanta importância, de imediato, para salários e acabam optando por cargos com o seu perfil. Em consequência disso, o mercado mais tradicional que são se atualiza, acaba, de certa forma, deixando de lado os trabalhadores da nova geração, que se afastam por se sentirem desmotivados, desvalorizados e incompreendidos.

São altamente ligados ao universo digital e estão constantemente ligados às novidades tecnológicas. Nisso, eles têm grandes vantagens sobre as gerações anteriores – que ainda penam para adaptar-se às novas ferramentas, ao mundo digital e aos novos formatos de trabalho.

Eles estão mais propensos a se tornarem workaholic, valorizam a estética, o relacionamento e a estrutura que a empresa tem a oferecer-lhes. Gostam de flexibilidade e, principalmente, de serem ouvidos, afinal, estão inseridos no mundo da informação e guardam muitas bagagem e estudos.

Por serem a geração que se dedicou aos estudos e ainda continua antenada em novidades, realmente eles têm muito a oferecer às empresas. No entanto, nem todas, naquele momento, são aplicáveis à cultura organizacional. E é justamente aí que está um fator importante para a relação de empresa e a juventude: um feedback saudável. Por isso, com um RH estratégico, isso se tornará mais fácil.

Como aprender a lidar?

 

Eles são a geração que necessitam de previsões e planos concretos para se manterem motivados. Portanto, cabe às empresas, no caso o departamento de RH de hoje, fazer esse mapeamento para que se possa reter talentos – do contrário, perdem o interesse e partem para outros desafios. Inclusive, este é um dos motivos que os tem levado a abrirem suas próprias empresas.

Aprenda a ouvir-lhes. Estamos em constantes mudanças. Os jovens serão o futuro e que seu desejo é de que sua empresa também esteja presente lá. Seja realista com as condições atuais da empresa e garanta-lhes daquilo que será possível ou não aplicar.

 

geração-y-blog-g4rh-2

 

O diálogo aberto e o rompimento de portas e paredes é um passo importante para que isso possa ocorrer.  Para essa geração é muito importante que se sintam parte dos rumos do negócio e que estão sendo ouvidos até pela alta gestão.

Para eles é comum a proximidade entre funcionário e chefe. Portanto, ser acessível também é saudável para entender o que os cargos mais baixos estão fazendo e como gostariam que fossem.  Você já deve ter assistido a vários programas em que o patrão vai para a produção e “espiar” o que os funcionários falam e fazem, não é mesmo? Então. Talvez fazendo parte disso, você descubra buracos que podem salvar sua empresa!

Recrutamento e Seleção em Curitiba

Conheça a G4 soluções em RH, uma empresa inovadora em soluções de Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Organizacional Sustentável. Saiba mais sobre estas e outras soluções. Ligue: (41) 3019-5068/ (41) 9910-9827 ou acesse: www.g4rh.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
Abrir chat